sábado, 26 de março de 2011

Filha da Lua II


A filha da lua. Filha da grande lua ou Grande filha da lua, que possui em seu casulo duas personalidades, quatro caras, três almas, cinco pares de sapatos, uma forma de sorrir e um milhão de formas de me enlouquecer.
Herdeira da lua que me faz amar o modo como tira o cabelo do rosto, ou sua sobrancelha que curiosamente forma um coração.
A maldita menina que muda de opinião como muda de roupa e tudo pra tentar matar o meu amor. Não, nunca, jamais conseguirá. Sinto muito, é amor de mais. Jamais conseguirá.


A filha da lua que, apesar de odiar fazer o que faz, preferiu passar a vida se escondendo ao falar-me que tem medo de sofrer. E sofreu por se esconder. Justo.
E eu, filho do sol, que apesar de odiar o que ela faz quando se esconde, preferi passar a vida tentando lhe mostrar que sou o homem destinado a amar todas as suas personalidades, caras, alma e jeitos e formas... e tentando lhe provar que sou o único que o fará. Que amará e enlouquecerá.


- Ana

Nenhum comentário:

Postar um comentário