quinta-feira, 17 de março de 2011

me despeço.

Me despeço, já sem aquela dor aterrorizante, das partes de você que mais amo.Ainda que eu nem te ame mesmo. E me despeço das partes da sua casa que eu mais amo. Ainda que nada disso seja amor. E entro no carro já sem chorar.As últimas três semanas chorando por você serviram ao menos para me secar por dentro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário